segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Férias mas tinha um Feriado atrapalhando

Quem não curte um bom feriado?
Ainda mais quando se pode emendar com um final de semana?

Todo mundo curte!!!

Mas quando se viaja de férias para outros países (ou mesmo dentro do Brasil) pode acontecer que o feriado atrapalhe seus planos. E sim, já passei por imprevistos deste tipo assim como amigos meus também, já tiveram dias complicados com feriados.

Canadá - minha história

Estava tranquilo, curtindo as férias, ia deixar para fazer as últimas compras no último dia de férias quando fico sabendo que também seria o dia da Rainha Victoria. 
Achei genial, o dia da Rainha que criou o Canadá de fato. Mas todas as lojas estariam fechadas neste dia. 
Resultado, fechei um passeio para as Cataratas do Niágara e tive que comprar tudo o que queria antes deixando o suficiente para curtir o passeio e pegar o vôo de volta (mas eu podia ter comprado mais algumas coisinhas).

Espanha - história de algumas amigas

Elas estavam ansiosas para ir em Madrid, estavam hospedadas em Sevilha e iam fazer um bate-volta para conhecer a Capital Espanhola. Até aí tudo bem, se a maioria dos lugares não estivesse fechado por conta de um feriado (e isso inclui lojas e lugares turísticos).

Chile - viagem de lua de mel de um amigo

Como todo bom brasileiro, deixa para fazer compra das coisas pesadas para o último dia. Só que era dia da independência do Chile. Resultado, tudo fechado.


--------------PLANEJAMENTO--------------

Por isso, planejamento é fundamental. 
Antes de viajar, veja se para onde você vai, tem algum feriado ou festa regional. Afinal, pode ser interessante você ir para ver a festa de aniversário de coroação ou um desfile/festa nas ruas. Se não é o caso, ao menos você vai preparado e já verifica o que abre ou fecha durante o feriado local. 

E dizer que não tinha como saber em tempo de internet, não é desculpa.


sábado, 16 de setembro de 2017

401 Games

A loja pode não ter o maior acervo, mas é a mais organizada e de melhor atendimento que vi em Toronto. E preços melhores.

Localizado na cidade de Toronto, na rua Yonge, número 518. 
Uma das principais avenidas  do centro de Toronto.


terça-feira, 15 de agosto de 2017

Curiosidades da Viagem - 2 - Stan Lee

Sim, estou usando cosplay de Doctor Strange ao lado do Stan Lee. 

Antes de conseguir esta foto, tudo começou com um projeto de conhecer o Canadá (afinal, muitos amigos meus se mudaram para lá, deve ter algo interessante por lá). E me organizei para conhecer este país de 30 milhões de habitantes (só a região metropolitana de São Paulo tem quase 20 milhões).

terça-feira, 11 de julho de 2017

PATH TORONTO DOWNTOWN

Ou como apelidei,  Cidade Subterrânea.

Posso te dizer uma coisa. Se em Calgary já me perdia, em Toronto foi muito pior, porque não tenho janela nenhuma para me orientar pelo que vejo na rua. Mas depois de um tempo e vendo mapas e placas de orientação, é até tranquilo de andar. 







Prestando atenção nas placas de saídas e nos nomes das ruas, você começa a ter idéia em que prédio você está e a se orientar pela cidade subterrânea. 

Como em Calgary, é perfeito para você andar pela cidade em dia de chuva ou neve e uma parte considerável da vida urbana e comercial está por lá (não tanto quanto em Calgary, mas ainda assim muitas lojas, restaurantes e serviços você encontra lá).

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Cartão Pré-Pago

Pode parecer propaganda, mas não posso deixar de negar que isso ajuda muito.
Cartão pré-pago, nada mais é do que um cartão que você faz em uma casa de câmbio (eu uso a Confidence). Você pode ir direto na casa de câmbio ou pelo site, ver a cotação do dia, fazer uma solicitação de crédito no cartão. Feito o pagamento do boleto ou feito a transferência bancária, a quantidade da moeda que você precisa será habilitada no seu cartão.

Agora você pode dizer que é muito mais fácil pegar o dinheiro em espécie. Assim você tem ele na mão. Com toda a certeza, mas eu procuro sempre ter 1/3 em espécie e 2/3 no cartão, pois nem todo lugar aceita cartão (ou não confio passar o cartão no lugar). Mas há bons motivos para fazer um cartão.
  • Cartão de chip com seu nome e senha pessoal, como qualquer outro cartão;
  • Em caso de roubo, entro em contato com a Confidence e outro cartão será entregue, tendo inclusive a possibilidade de fazer dois cartões para a mesma conta;
  • Extrato e carregamento online com cotação diária e atendimento online para dúvidas;
  • Em caso de necessidade, posso realizar saque em caixas automáticos no exterior (com as taxas respectivas debitadas);
  • E um único cartão posso colocar até seis moedas diferentes (dólar americano, canadense, australiano e neozelandês, além de euro e libra esterlina), podendo inclusive fazer transferência no cartão de uma moeda para outra (claro que existe uma taxa sobre isso).
E em uma emergência, algum parente seu no Brasil, pode fazer crédito no seu cartão (normalmente deixo uma autorização no nome do meu primo).

Como não tive nenhum problema grave até hoje (obrigado Temer por fazer o dólar disparar de um dia para o outro e fazer as casas de câmbio ficarem fora do ar por não terem idéia de como ficará a cotação) continuo com a Confidence Câmbio. Mas fiz cotação de cartão em outros lugares também. 

sábado, 6 de maio de 2017

Plus15 - Calgary

Uma das coisas que mais me chamou a atenção em Calgary foi andar no centro da cidade. Procurando uma lanchonete, vi que muitos ficam na Stephen Avenue, mas achei estranho não ver outros no centro da cidade. Já tinha andado pelo Plus15 (ou simplesmente +15) e não tinha me ligado que a maioria estava ali dentro.

Então resolvi explorar o lugar (e claro que me perdi algumas vezes até me acostumar com mapa (tem aplicativo) e mapas em alguns lugares.

Mas que raio é este +15??? 

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Curiosidades da Viagem - Parte 1 - Canadá

Teve pequenos imprevistos na viagem para o Canadá.

Passando pela Polícia Federal do Brasil, tiveram que verificar meus documentos, porque havia uma pessoa com o mesmo nome que o meu, sendo procurado (espero não ter problema para voltar).

Imigração no Canadá, fui mandando para uma salinha, para entrevista (nunca tive problema na Europa ou América do Sul). Respondido as perguntas e as dúvidas, tive o passaporte carimbado e fui saindo, mas claro que errei a saída e acabei entrando em uma sala cheia de mexicanos. Após ajuda de um funcionário, conseguir ir para a saída e tive que correr para pegar minha mala e ir para o próximo vôo (tinha uma hora ainda para fazer tudo isso, imagina o desespero). 

E finalmente cheguei no meu destino. Agora passeando e visitando alguns lugares e claro, não podia faltar fotos com roupa da Polícia Montada que tirei no Fort Calgary. 


P.S.: Era para eu ter feito alguns meses de francês, mas por imprevistos tive que adiar o curso e confesso que agora está fazendo falta.